Black Swan

 

Assisti The Black Swan pela primeira há duas semanas atrás,quando o filme terminou eu estava roendo as unhas tamanha ansiedade. Resolvi escrever sobre o longa depois que ele estreiasse nos cinemas pois queria reve-lo na tela grande para primeiro ver se ele realmente se sustentava,pois poderia ser mais o frisson do suspense de não saber o desfecho do que um bom filme em si, e em segundo lugar porque realmente é um longa para cinema,as tomadas são pensadas plásticamente para telas grandes. Resultado: não decepciona,é realmente um belo e bem dirigido filme.

Poderia ser um cliche,a garota bem comportada com uma mãe castradora e mau resolvida que desconta na filha todas suas frustrações. A disciplina espartana do balé e as consequencias muitas vezes nefastas da competição desmedida por um lugar ao sol,ser a única prima bailarina de uma companhia.The Black Swan tem tudo isto,e muito mais. Natalie Portman está absolutamente soberba na pele de Nina,uma bailarina de cotidiano rigoroso,obcecada pela perfeição. A atriz de porte delicado e voz meiga leva estes atributos ao extremo,a cadencia de sua voz,seus gestos são de menina não de uma mulher já adulta,não parece ter mais do que 12 anos.É como se fosse a própria bailarina das caixinhas de musicas,frágil e protegida do mundo.Entretanto como é impossível sermos apenas um lado da moeda,o longa concentra-se na transformação psíquica que sofre a personagem ao longo da história: pulsões de vida e destruição. Torna-se um thriller psicológico,onde seu duplo vai começando ocupar espaço,o lado da destruição,o cisne negro.

Não bastasse seu lado thanos cada vez mais latente,existe na cia de balé uma bailarina novata que é a representação real deste seu lado que tanto tenta reprimir,Nina desenvolve pela garota uma obssessão e repulsa ao mesmo tempo,sendo que muitas vezes em seus delírios as duas se confundem e esta convergencia em uma só vai num crescendo ao longo do longa chegando ao clímax ao final da história,deixando o espectador tão confuso e excitado quanto a bailarina.

Os grandes trunfos de Black Swan são a direção segura e primorosa de Darren Aronosfky e atuação espetacular de Natalie Portman. O diretor não faz uma tomada sem a presença da atriz,ela está presente em absolutamente em todas as cenas. Filmado com muitos closes,principalmente dos rostos das personagens,temos a sensação de sufocamento,de embate direto com o outro e com a própria Nina, na tela grande as expressões tão perto dos atores torna-se violento.  Além dos closes na parte superior de seu corpo por trás,bem em suas escápulas,as asas.Ele também utiliza inteligentemente muitos planos sequencias dos momentos da bailarina dançando,como se a camera dançasse junto,muito perto,como uma subjetiva de outra bailarina  a dançar com ela,só que no caso,ela acompanha todos os movimentos de Nina,ou seja,como se a camera fosse seu duplo a se libertar,causa vertigem e é novamente violento.

Violento. Talvez boa palavra para descrever o filme. O Balé se mostra ao publico como um espetáculo belo,leve,com suas bailarinas vaporosas,delicadas,entretanto o esforço físico da própria dança,e a disciplina são violentos e cruéis. Duas cenas ilustram muito bem esta definição.  A primeira,é a própria cena inicial,um um belo plano sequencia que abre o filme com Natalie Portman vestida de Cine Branco,toda alva e de toutou,leve,linda,virginal.Apenas um foco de luz em toda cena,diretamente nela,a camera vai se aproximando e começa a acomapanhar sua dança,cada vez mais rápido,o personagem responsável por sua transformação em cisne se aproxima por trás,um ser grotesco,grande todo de preto,a dança se torna mais vigorosa,o esforço é maior,belo porém violento.A segunda cena é quando a cia volta das férias,as bailarinas frageis e pequenas em seus tou tous praticamente esfolam seus instrumentos de trabalhos,as delicadas sapatilhas.Batem vigorosamente com a ponta no chão,para quebrar o gesso,arrancam a palmilha com força,riscam vigorosamente a sola com tesouras como se riscassem a carne de alguém,e protegem seus pés bastante maltratados com esparadrapos,pele em carne viva e praticamente deformados.A leveza é apenas aparente.Quem disse que balé é belo?

O final é surpreendente,e não devido apenas ao desfecho,mas a todo o caminho que leva a ele.Pode-se assitir ao longa uma,duas,tres vezes e todas as vezes a audiencia sairá com as mãos suando e roendo as unhas de tamanha ansiedade como se o assistisse pela primeira vez.

Anúncios

2 comentários sobre “Black Swan

  1. Thiago disse:

    Vi nesse domingo Black Swan e achei um bom filme! Digno de indicar Natalie para o oscar de melhor atriz, mas ainda não para ganhar o de melhor filme. Por vezes achei que a diretora exagerou nos recursos para intensificar a trama e dar o tom Thriller que ela queria. Mas vim aqui para falar de outra coisa.
    Um pequeno paralelo com a realidade, uma curiosidade talvez. Só na terceira aparição, percebi que ex-Little Princess era ninguém menos que Winona Ryder. Além de tudo que o filme lhe traz, sai do cinema pensando também em Natalie e Winona. Por que colocar a Winona nesse papel? Ela que anda tão sumida… Proposital ou não, viagem minha ou não, fiz uma relação direta com o local que ambas ocupam no cinema.
    Winona já foi um novo rosto do cinema, uma menina diferente, talentosa, fora do comum, optou por uns caminhos esquisitos e acabou se afundando. Natalie começou assim, mas superou Winona assim como Nina superou Beth… será?

    Deixando as viagens de lado… Belo post!

    Bjs!

  2. oi Thi
    acho que foi proposital a Winona,uma piada de si mesma.Meio triste até…acho que a Natalie Portman tem mais pé no chão e só sai roubando coisas na tela mesmo.Brincadeiras de lado,fiquei com saudades de ver a Winona em grande forma,exatamente por saber que ela caberia muito bem para o papel agora de Portman.
    bj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s